5/4 – Terça

  Local: Centro Cultural da UFMT 08:00 – 12:00 II Colóquio Cidade Pensada A cidade e suas complexidades. Mesa 1 – 08:00 Cuiabá das crianças: Pesquisa em diálogo O que as crianças sabem sobre Cuiabá? O que sentem pelos espaços da cidade, por sua história e sua gente? Quais as proposta...

Leia Mais →

 

Local: Centro Cultural da UFMT

08:00 – 12:00
II Colóquio Cidade Pensada A cidade e suas complexidades.

Mesa 1 – 08:00
Cuiabá das crianças: Pesquisa em diálogo
O que as crianças sabem sobre Cuiabá? O que sentem pelos espaços da cidade, por sua história e sua gente? Quais as propostas que as crianças elaboram para a cidade? Essas e outras perguntas foram feitas às crianças, alunos de escolas públicas e privadas. Os resultados mostram a forma como a cidade tem dialogado com suas crianças e nos alerta sobre o que estamos deixando de oferecer para a educação das novas gerações.

Coordenadora: Daniela B. S. Freire Andrade

Pesquisadores:
Eliza Moura da Silva – Grupo de Pesquisa em Psicologia da Infância (GPPIN)
Paula Figueiredo Poubel – Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE-UFMT)
Jeyssson Ricardo F. da Cunha

Mesa 2 – 10:00
Visual Virtual MT e coregrafias do siriri
Reflexão sobre as artes visuais na contemporaneidade, sobre os dispositivos que continuam operando uma colonialidade da arte, seus mecanismos e efeitos, cuja urgente desmontagem impõe imensos desafios a todos. Apresentação dos resultados da pesquisa intitulada “Artes Visuais em Mato Grosso: acervo, difusão e crítica” responsável pela criação do site Visual Virtual MT (VVMT). Já Coreografias do siriri pretende pensar a dança enquanto uma forma de expressão artística vinculada às sociabilidades juvenis e às formas de inserção no cenário urbano, privilegiando a dinâmica de um dos vários grupos de siriri da cidade de Cuiabá, o Flor Ribeirinha. Reflexão sobre os modos como a participação no grupo e a experiência da dança motivam a imaginação de novos modos de ocupar a cidade.

Pesquisadores:
Profª. Dra. Ludmila Brandão – Departamento de Artes da Faculdade de Comunicação e Artes e PPG ECCO – Estudos de Cultura Contemporânea
Profª. Dra. Patricia Osório – Departamento de Antropologia e PPG ECCO – Estudos de Cultura Contemporânea

 

OFICINA R.U.A. com Lilian Amaral

12:00
Almoço

14:00 – 17:00
II Colóquio Cidade Pensada A cidade e suas complexidades.

Mesa 3 – 14:00
Cuiabá: Territórios, paisagens e lugares nas políticas públicas
Das pesquisas desenvolvidas e em curso, muitas entendem e reconhecem a importância dos territórios dos mais diferentes grupos sociais, destacam a riqueza das paisagens e lugares (pretéritos?) de Cuiabá nos processos urbanos. Mas, questionamo-nos o quão, efetivamente, essas reflexões têm contribuído com a formulação das políticas públicas em curso, ao observamos que, cada vez mais, ações voltadas aos grandes projetos urbanos, habitação de interesse social e gestão das águas e resíduos sólidos apresentam leituras homogêneas dos territórios, elaboram paisagens excludentes, criam não-lugares. Nesta oportunidade, compartilhamos nossas diferentes vivências para, crítica e propositivamente, debatermos sobre a Cidade (Possível?) que todos estamos produzindo.

Pesquisadores:
Profª. Dra. Doriane Azevedo – Arquitetura e Urbanismo
Profª. M.Sc. Andrea Arruda – Arquitetura e Urbanismo
Profª. Dra. Eliana Rondon – Engenharia Sanitária

Mesa 4 – 16:00
Biodiversidade e Sustentabilidade
Riqueza da biodiversidade urbana. Qual é a importância de se manter a saúde dos riachos, parques e áreas florestadas e a conexão com outras áreas verdes do entorno das cidades? Outra comunicação: Sociedade civil e cidades sustentáveis: Construindo a sustentabilidade. A construção de cidades sustentáveis não deve ser tarefa atribuida tão somente ao poder público, na medida em que a concretização do direito ao meio ambiente sadio e equilibrado se impõe também à coletividade. Existem muitas esferas para a atuação da sociedade civil nessa tarefa, sobretudo num contexto em que a questão ambiental é relegada a um plano secundário nas administração públicas (federal, estadual e municipal). Ações integrando a coletividade e o setor empresarial podem contribuir para devolver os Encantos a Cuiabá, restaurando sua vocação de cidade verde.

Pesquisadores:
Prof. Dr. Teodoro Irigaray – PPG Direito – UFMT
Prof. Dr. João Batista de Pinho – Laboratório Ecologia de Aves/NEPA Instituto de Biociociências/IB UFMT

17:00
Espaço aberto de discussão (open space)
Carta de Cuiabá

18:00
Intervalo

19:00
Convidado: Julia Elena Sagaseta
Tema: Cidade e Performance: arte contemporânea na América Latina.

 

20:30
Teatro da UFMT
Evento cultural: apresentação do espetáculo CIDADE DOS OUTROS